O momento de volta às aulas presenciais pode gerar certa angústia em pais, alunos e professores, uma vez que ainda existe o medo de se expor ao ambiente coletivo e acabar contraindo a Covid-19.

Apesar disso, cabe ressaltar que as aulas presenciais fazem muita falta para o desenvolvimento cognitivo e social das crianças.

Portanto, com a avanço da vacinação no país, as escolas, cientes da sua importância na vida dos estudantes, estão reabrindo as portas aos poucos.

Ainda assim, o vírus está circulando e conta com o agravante das novas cepas. Sendo assim, a reabertura deve ser feita com todas as precauções possíveis. As instituições precisam estar preparadas para receber os alunos de forma adequada, buscando minimizar os riscos de contaminação.

Pensando em agregar neste cenário delicado, o EuSaúde Educação surgiu como um projeto que utiliza condutas internacionalmente adotadas, em conjunto com a telemedicina, para promover a segurança e o bem-estar da comunidade escolar no retorno às aulas.

Com bases fundamentadas em protocolos rígidos de boas práticas que garantem o retorno seguro das aulas presenciais, a iniciativa vem sendo adotada em diversas instituições no Brasil.

Confira a seguir 5 razões que comprovam que o EuSaúde Educação deve estar pressente na sua escola também!

Trabalha com ecossistemas

Em tempos normais, o ambiente escolar é bastante difuso. As crianças e adolescentes estão sempre se misturando e convivendo sem muitas restrições sociais. Com a pandemia, no entanto, isso não é mais recomendado.

Por isso, o EuSaúde Educação faz uma análise objetiva da escola, onde serão avaliados os fluxos de pessoas em cada ambiente, para criar uma proposição de menor exposição pessoal e coletiva.

A estratégia de ecossistema por grupos consiste em pequenos grupos que nunca se misturam, cruzam e ou convivem no mesmo espaço. É uma técnica que visa evitar aglomerações e, assim, evitar os riscos de contágio entre ecossistemas diferentes.

Reforça a limpeza

Crianças e adultos passam diversas horas do dia no ambiente escolar, e para que o local não se torne propício a disseminação do novo coronavírus, a limpeza reforçada é essencial e obrigatória.

Assim, o EuSaúde Educação analisa, em cada unidade escolar, os tipos de áreas que devem ser higienizadas, de acordo com critérios como tempo de uso ou permanência, uso do espaço por grupos diferentes, novas técnicas de limpeza, sinalização de ambiente higienizado ou não, cronograma rigoroso  de limpeza, por exemplo.

Coordena o convívio entre as pessoas

Infelizmente, o momento em que vivemos ainda pede muitos cuidados e limites na convivência. Crianças e adolescentes estavam acostumados a se abraçarem e terem contato físico amistoso. No entanto, hábitos que eram cotidianos precisarão ser adaptados para a realidade da Covid-19.

Por mais que pareça desafiador, será preciso transformar o comportamento de todos os afetados pela pandemia, principalmente nas relações comunitárias e interpessoais. O que nos conforta é saber que a humanidade é capaz de se adaptar às necessidades impostas pelo ambiente.

Pensando nisso, o EuSaúde Educação estabelece um conjunto de regras simples e objetivas que serão implementadas a toda a comunidade escolar, como: uso das máscaras de proteção, higiene das mãos, não é permitido o compartilhamento de objetos entre diferentes ecossistemas, estímulo à ventilação natural, entre outras.

Oferece suporte clínico

Com o vírus ainda em circulação, é preciso que a comunidade escolar esteja atenta a qualquer sinal da doença. O suporte clínico permanente é necessário para que as condutas em todos os casos sejam tomadas com base em preceitos científicos e corretos.

Com o EuSaúde Educação todos, os envolvidos no ambiente escolar serão diariamente avaliados para detecção de sintomas básicos. Os casos suspeitos serão encaminhados imediatamente para cuidados por telemedicina, onde receberá tratamento não só para Covid, mas para qualquer enfermidade. Monitoramento, rastreamento e comunicação continua da equipe técnica com a equipe clinica, para tomar decisões assertivas e rápidas.

Preza pela saúde emocional da comunidade escolar

É inegável que a pandemia tem afetado muito a saúde mental de todos. É difícil estar longe das pessoas que se ama, ficar em estado de alerta na maior parte do tempo, conviver com tantas mortes por conta do vírus e não ter perspectivas concretas de quanto a pandemia irá acabar definitivamente.

Pensando em ajudar a comunidade escolar em relação às questões psicológicas e emocionais, o EuSaúde Educação ainda oferece grupos de meditação e grupos terapêuticos, coordenados por psicólogos. Assim, busca auxiliar na redução da rigidez cognitiva, ansiedade e fadiga, promovendo também a melhora da saúde mental dos participantes.

O EuSaúde Educação garante que as escolas funcionem com segurança. Fale com o consultor do programa agora!