Alopecia é a queda de cabelo que pode afetar somente o couro cabeludo ou o corpo inteiro

O Big Brother Brasil (BBB) 21 começou há poucas semanas e uma das situações que mais chamou a atenção do público foi a condição capilar de um dos ex-participantes. Lucas Koka Penteado, ator de 24 anos, que pediu para sair do programa no último sábado (07), possui algumas falhas no couro cabeludo que são categorizadas como alopecia.

A alopecia é a queda de cabelo em partes do corpo, especialmente na cabeça, e é uma condição muito comum entre os homens e mulheres. Pode ser o resultado de hereditariedade, alterações hormonais, condições médicas e até mesmo mentais. Geralmente afeta também a autoestima do indivíduo e, por isso, as pessoas busca tratamento. No caso de Lucas, a alopecia pode estar extremamente ligada ao lado emocional, uma vez que o ator vinha sofrendo constante violência moral pela participante Karol Conká enquanto estava confinado.


Lucas Penteado possui alopecia

Mas afinal, o que é a alopecia?

A alopecia é uma condição em que ocorre uma repentina perda de cabelo do couro cabeludo ou de qualquer outra região do corpo. A queda dos fios pode ser percebida quando o cabelo cai em grandes quantidades em determinadas áreas, proporcionando a visualização da região. Existem vários tipos de alopecia – areata, androgenética, entre outras. Em alguns casos mais graves, a alopecia leva até mesmo à perda total de todos os pelos do corpo, inclusive os cílios, barba e sobrancelhas.

O que causa alopecia?

As causas da alopecia podem estar associadas a vários fatores, como os hereditários e imunológicos, além das alterações hormonais, uso de medicamentos e suplementos, radio ou quimioterapia e até mesmo eventos estressores associados a quadros de ansiedade mais atenuados.

  • A alopecia androgenética, também conhecida como calvície, resulta no afinamento na coroa e diminuição do volume capilar na parte central da cabeça. Qualquer pessoa pode experimentar a queda de cabelo, mas, neste caso, é mais comum em homens, principalmente com o avançar da idade. As duas principais causas da queda permanente dos cabelos são a hereditariedade e os hormônios masculinos. Ambos promovem a atrofia dos folículos capilares e aceleram a queda.
  • A alopecia areata (a provável situação de Lucas Penteado) é uma condição autoimune que faz com que o sistema imune do corpo ataque os folículos capilares, levando a perda do cabelo. Pode ser agravada por questões ambientais, como estresse e ansiedade. As manchas de calvície do tamanho de uma moeda são mais frequentes no couro cabeludo, mas podem também surgir em qualquer parte do corpo. Pode afetar todas as idades e gêneros, porém o aparecimento prevalece em adolescentes e jovens adultos. 

Como identificar a alopecia?

A condição de alopecia pode ser identificada quando o indivíduo encontrar muitos fios de cabelo no travesseiro quando acorda, quando se lava, penteia o cabelo ou quando passa a mão pelos fios e se depara com muitos deles soltos. Segundo o Dr. Drauzio Varella, na alopecia areata, as áreas em que o cabelo cai são bem delimitadas, circunscritas e esparsas pelo couro cabeludo, mas podem tornar-se confluentes e evoluir para a queda total de cabelo e de pelos do corpo (alopecia total). Algumas pessoas com alopecia areata também podem sentir uma sensação de queimação ou coceira na região em que houve a queda.

Como tratar a alopecia?

Estão disponíveis tratamentos eficazes para alguns tipos de perda de cabelo, por isso é possível reverter a queda dos fios ou, pelo menos, diminuir o desbaste. Em algumas condições, como queda de cabelo irregular (alopecia areata), o cabelo pode crescer novamente sem tratamento dentro de um ano. Quando é necessário tratar, existem medicamentos ou até mesmo pequenos procedimentos cirúrgicos que podem ser feitos dependendo da necessidade do paciente.

Se a condição de alopecia estiver associada a maior índice de estresse ou ansiedade, a resolução desses quadros pode resultar também na recuperação das perdas capilares com o tempo. Cuidar das questões psicológicas, neste caso, pode fazer com que a queda dos fios acabe.

Ainda tem dúvidas sobre o tema? Converse agora com um especialista!